quarta-feira, 15 de março de 2017

MÚSICA BOA...



Projeto Roda de Choro Potiguar vai difundir choro autoral do RN
Em cada uma das três edições, subirão ao palco dois convidados e banda base formada por seis músicos, todos potiguares. Estreia será dia 25/03


No próximo dia 25 de março, estreará o projeto que pretende enaltecer a música autoral papa-jerimum, especialmente o choro: o Roda de Choro Potiguar. Na primeira edição, se unirão à banda base, formada por seis músicos potiguares, o cantor e compositor Carlos Zens e a cantora Laryssa Costa. O show começa às 16h, no Bar do Zé Reeira, com entrada gratuita.

A apresentação será a primeira de três edições, realizadas sempre aos sábados nos mesmos local e horário. A proposta do Roda de Choro Potiguar é apresentar ao público um repertório composto em sua maioria por choros de compositores potiguares, como João Juvanklin, K-Ximbinho, Chico Elion e Tico da Costa. Além disso, o projeto pretende fortalecer a cena do choro em Natal, apresentando grandes artistas locais num espaço tradicional e popular da cidade. Desse modo, o projeto divulga a produção autoral local desse gênero centenário à plateia.

No palco, o sexteto, composto por Alexandre Moreira (bandolim), Deo do Pandeiro, Diogo Guanabara (bandolim), Fernando Botelho (violão de sete cordas), Henrique Pacheco (baixo) e Raphael Bender (bateria), se unirá a dois nomes da música potiguar a cada edição. No dia 08 de abril, subirão ao palco com o sexteto o multi-instrumentista Antônio de Pádua e o Duo Cabrón e, no dia 13 de maio, última edição, os convidados serão o grupo Macaxeira Jazz e a cantora Camila Masiso. O projeto foi viabilizado com recursos do Fundo de Incentivo à Cultura (FIC 2015) da Secretaria Municipal de Cultura, a Funcarte.

Sobre Carlos Zens

Potiguar, flautista, saxofonista, compositor, cantor, arranjador, produtor musical e professor, Zens tem formação tanto na Escola de Música da UFRN quanto no Instituto de Artes da UNESP (Universidade Estadual Paulista- São Paulo-SP).

Como educador musical, deixou suas marcas em projetos sociais como o Conexão Felipe Camarão e o Vira Vida do Sesi. Nos 30 anos de estrada, lançou oito trabalhos e realizou turnês tanto no Brasil –  dividindo o palco com nome como Lia de Itamaracá, Danilo Caymmi, Moacir Luz, Nelson Sargento, Vital Farias, Xangai, Cátia de França e Roberto Menescal – quanto internacional (Itália, Portugal e França). Recentemente, apresentou-se na 28ª Feira do Livro em Havana, Cuba.

Sobre Laryssa Costa

Laryssa Costa é potiguar, professora, educadora e cantora. Com uma carreira voltada especialmente para a divulgação do choro, Laryssa Costa defende a bandeira do gênero imortalizado e se consagra como cantora. Em 2014, gravou o disco "Samba canção, samba de breque e batucada", que traz um registro de clássicos do samba e choro. Em 2015, estreou um espetáculo em homenagem à rainha do chorinho, Ademilde Fonseca, o "Ademilde no Choro", com participação de artistas locais e da filha da própria homenageada, a cantora Eymar Fonseca. Foi indicada ao Prêmio Hangar de Música como “Intérprete do Ano” (2016) e destaque também na Revista do Choro, principal mídia do Rio de Janeiro relacionada à produção do choro no Brasil.

Serviço:
O quê? Roda de Choro Potiguar vai difundir choro autoral do RN
Quando? Estreia dia 25/03, às 16h
Onde? Bar do Zé Reeira (Espaço Cultural Ruy Pereira: R. Prof. Zuza, S/N, Cidade Alta, Natal/RN)
Atrações? Roda de Choro Potiguar convida Carlos Zens e Laryssa Costa
Próximas edições?
08/04: Roda de Choro Potiguar convida Antônio de Pádua e o Duo Cabrón
13/05: Roda de Choro Potiguar convida Macaxeira Jazz e Camila Masiso
Entrada gratuita